HAMILTON DE HOLANDA

BLOG / Arquivo do mês: março 2013


Samba pra Portinari (Marcos Portinari) – por Lucas Melo

Novidades por aí

Logo logo saindo do forno TRIO. O novo disco do Hamilton de Holanda que conta com a participação de André Vasconcellos no contrabaixo e Thiago da Serrinha na percussão.

A capa do novo disco é a foto “Vulnerável”, do premiado fotografo indonesiano Henky Kuncoro, indicado ao prestigioso prêmio Hasselblad 2014.

Designer da capa: Fernando Salles.

Hamilton de Holanda Trio

Very soon from the oven TRIO. The new album from Hamilton de Holanda that includes the participation of André Vasconcellos on bass and Thiago Serrinha on percussion.
The album cover is the picture “Vulnerable”, from the award winning photographer Henky Kuncoro, nominated for the prestigious Hasselblad Award 2014.

Cover Designer: Fernando Salles.

Teaser Hamilton de Holanda Trio

Suíte Interiores – Ao vivo – Canadá 2011


Suite Interiores, música de Hamilton de Holanda e Yamandu Costa, com orquestração de Paulo Aragão. Orquestra Filarmônica de Calgary, regência de Roberto Minczuk. A gravação é ao vivo no Canadá em dezembro de 2011.

Suíte Interiores – Canadá(2011) – Clique aqui.

Hamilton de Holanda é um workaholic !

Hamilton de Holanda é um workaholic.

Desde que se radicou no Rio de Janeiro, no começo da década passada, mantém agenda repleta de compromissos no Brasil e no exterior. Nos últimos anos, porém, o bandolinista e compositor brasiliense tem se superado, passando a desenvolver projetos diversos, além de administrar o selo Brasilianos, pelo qual lança seus trabalhos e os de outros músicos. Neste verão, um dos destaques da programação musical do Rio foi o

Baile do Almeidinha, no Circo Voador, que Hamilton criou, tendo como referência as domingueiras dançantes, comandadas em outros tempos no local, pelos maestros Severino Araújo e PauloMoura. “A diferença entre os bailes promovidos por eles e os que temos realizado é que, em vez de tocarmos apenas sambas de gafieira,temos aberto o repertório para outros estilos, com a participação de diversos artistas, de João Bosco a Egberto Gismonti”, explica o instrumentista.“Vamos continuar com o baile por todo o ano, sempre aos domingos e umavez por mês”, adianta. Em dezembro, o bandolinista esteve na cidade para apresentação beneficente—Bandolim Solidário com a participação de vários convidados—no Teatro Oi Brasília.Hoje, de volta à capital, fará show às 19h, na Praça Central do Pátio Brasil, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Ao seu lado no palco, estarão o contrabaixista André Vasconcellos (companheiro do Quinteto Brasilianos) e o percussionista Thiago da Serrinha. “O show que faremos no Pátio Brasil é o Hamilton de Holanda Trio. Com esta formação, permito-me testar algumas composições ainda pouco conhecidas e outras inéditas, compostas mais recentemente”, anuncia. Ele cita temas que trazem nos títulos a expressão capricho, cada um com sua atmosfera musical própria: Capricho do Sul, inspirado em ritmos dos pampas; Capricho de Espanha, com elementos da música flamenca,de Paco De Lucia, e Capricho de Santa Cecilia, que soa como se fosse algo criado por Hermeto Pascoal para procissões”, explica.

Ao definir o roteiro, o músico abriu espaço para homenagear as mulheres e promete tocar clássicos como Luiza (Tom Jobim), Beatriz (Edu Lobo e Chico Buarque), além de Flor da vida, de sua autoria, entre outras. O público poderá ouvir, ainda, arranjos de Hamilton para choros famosos, com improvisações que remetem ao jazz—como costuma fazer em suas apresentações, tanto no Brasil quanto no exterior.

MÚSICA/BANDOLIM/CAPRICHOSO

O projeto que, no momento, tem tomado mais tempo de Hamilton de Holanda é o Mundo de Pixinguinha, contemplado pelo Natura Musical.Trata-se da gravação de um álbum em que renomados músicos internacionais vão dividir com ele a interpretação de composições do genial saxofonista e clarinetista brasileiro. “Venho trabalhando nesse projeto, que tem produção de Lu Araújo e Marcos Portinari, desde o ano passado”, conta.“Já gravei Ingênuo e Agradecendo com o acordeonista francês Richard Galliano; Seu Lourenço no Vinho e Canção da Odalisca com o pianista italiano Stefano Bollani; Rosa, com o pianista português Mario Laginha;Benguelê e Lamentos,comopianista cubano Chucho Valdés; e Yaô, com Omar Sosa, outro pianista de Cuba”,antecipa. “O grande Egberto Gismonti também vai participar do projeto”, acrescenta.O lançamento do álbum Mundo de Pixinguinha está previsto para o segundo semestre,com shows em algumas capitais.

» IRLAM ROCHA LIMA